Quando tentamos fazer as coisas do nosso jeito…

This slideshow requires JavaScript.

“Quando tentamos fazer as coisas do nosso jeito…

…nós quebramos a cara.
Quando pensamos que o tempo de Deus talvez demore muito e começamos a tentar nos intrometer nos planos dele,nós sofremos.Quando acreditamos somente no nosso potencial,acabamos nos enganando,porque percebemos que sozinhas nós não temos esse potencial todo.Quando firmamos nossos objetivos em desejos,fantasias,sentimentos e emoções,eles desmoronam porque,na verdade,eles deveriam estar firmados na rocha.Quando deixamos de escutar os conselhos de nosso Pai,ele nos faz perceber que sem seguir seus ensinamentos,nós não chagaremos a lugar algum.E então,quando já estamos bem machucadas,nós corremos para ouvir sua voz,mas na verdade,ele queria que tivéssemos corrido antes.Quando usamos todos os meios possíveis para alcançar nossos objetivos e esquecemos de perguntar para Deus se esse objetivo é o mesmo que ele quer para nós,nosso alvo vai ficando cada vez mais distante e nossos flechadas parecem não chegar nem perto dele.E quanto mais nos esticamos para ficar mais próximas,mais nosso corpo vai ficando cansado,cansado…e cai!Então,nós ficamos com raiva porque nosso plano é perfeito.Por que não é o que Deus quer? Por que ele não está concordando conosco? E Deus olha pra nós e pensa: “Minha filha,eu não quero que você caia! Eu não quero que você aprenda pelo sofrimento.Eu sou seu pai e não quero vê-la machucada.Deixe-me reconstruir seus sonhos.Deixe-me pôr mais cor na sua vida.Será que você me deixaria limpar o que restou do seu castelo de areia que desmoronou e construir um castelo de verdade,firmado na rocha?”
Mas nós não queremos saber.Nós não queremos dar a mão a ele.Só queremos ficar quietas e sozinhas.Entretanto,começamos a sentir que o chão é muito frio e que a solidão não está fazendo bem algum.Então nós aceitamos,nós entendemos e estendemos a mão.Mas com o tempo,nós esquecemos do que passamos,esquecemos o quanto foi dolorosa aquela experiência.E então,entramos novamente no ciclo de querer fazer as coisas do nosso jeito.E quebramos a cara,e refletimos sobre isso,e pedimos ajuda.E é bom saber que sempre nesse ciclo,haverá alguém disposto a nos fazer levantar,às vezes nos pegando no colo,às vezes nos repreendendo,porque ele sabe exatamente o que precisamos e fará o possível para que seus planos se cumpram em nossa vida.”

“Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o SENHOR; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais.” Jeremias 29:11

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s